Archive for abril, 2008

grade!

Jorge, como todo cãozinho, adora ama fuçar em tudo.

Apesar do apto nem ser assim uma mansão de 20 quartos, 10 banheiros e 5 salas, é preciso estabelecer limites e regras. Jorge tem acesso livre a todos os lugares da casa (como se fossem muitos mesmo), exceto um: o banheiro.

Mas onde ele faz suas necessidades? Xixi, quando não faz na rua (marcando todos os postes e pneus e muros que encontrar), faz apenas na área de serviço. Fezes sempre na rua.

Mas e a grade de segurança? A idéia da grade foi sugerida pelo vovô do Jorge, que controla o entra-e-sai da mimis do Jorge através desse sistema. A mana dele também tem uma em casa e os pais dela adoraram a ferramenta.

É especialmente útil para receber visitas que não gostam muito de cães (apesar de nunca ter aparecido uma aqui), na hora de limpar a casa (limpamos a área e isolamos ele na outra), disciplina (nos momentos de bronca) e também para delimitar o “cantinho principal” dele no apartamento.

No meu caso foi só colocar no corredor e fecho as portas dos cômodos quando não quero que ele entre nos ambientes. Simples. No começo ele chorava um pouco e estranhava, mas agora parece que entende melhor e respeita (nunca tentou destruir ou pular o apetrecho).

Lá fica sua caminha principal, o point dos brinquedos e também ele pode observar toda a movimentação da casa sem fazer muito esforço.

Eu comprei neste site aqui, na seção de bebês. A diferença de preço da área de pet shop deste site é cerca de 5% a mais e o produto é exatamente o mesmo. Já vi em pet shops aqui da região e eles botam o preço lá em cima. Então comprei pela internet, mais barato, parcelei com dezenas de outras coisas e recebi super rápido.

É um dos produtos mais úteis que já adquiri. No começo é chato e a gente estranha ter um obstáculo para transpor, mas depois sente falta. É super prático porque não fura a parede nem faz sujeira. É adaptável a qualquer ambiente e com as extensões de 10cm e 20cm dá para colocar em vãos de 70cm até 1 metro.

Recomendo e o Jorge também.

– Papai, já bateu a foto? Posso sair agora?

29 abril, 2008 at 4:25 am 5 comentários

alerta!

Jorge é um cãozinho muito alerta.

Está sempre de olho na porta, nos barulhos, nos movimentos do prédio. Ele sempre escolhe lugares estratégicos para dormir, para poder observar melhor o entra e sai de casa… no meio do corredor, entre os cômodos, na frente da gente quanto assistimos TV, etc…

Ao menor sinal de barulho ele levanta a cabeça e as orelhas, olhando para onde ele acha que vem o barulho como se dissesse: – Que foi isso?

As vezes é mais alerta que o normal, principalmente durante a noite/madrugada. Quando vou dormir (já bem tarde da noite) tenho que acender a luz e deixar ele ver que sou eu que estou chegando.

Já houve duas vezes que ele saiu correndo, latindo desesperadamente, me confundindo com um estranho.

Claro que caio na gargalhada neh!
Um cachorro de 40 cm de altura bancando o valente! Hahahahah!

Algumas vezes sou acordado na madrugada com ele latindo que nem um bocó porque ouviu o barulho do elevador metros e metros longe… ou a vizinha 2 andares acima que resolve bater o salto no corredor às 3 da matina.

Acho que ele sonha e acorda assustado e daí reage da maneira que ele sabe… latindo e correndo de um lado para outro, para chamar atenção.

Um verdadeiro cãozinho de guarda! =D

– Papai, falou comigo?

25 abril, 2008 at 3:00 pm 3 comentários

cauda!

Jorge tem a cauda cortada, mas a orelha não, lendo sobre o assunto, resolvi comentar…

Há pouco mais de um mês saiu uma decisão do Conselho Federal de Medicina Veterinária recomendando a proibição do corte de orelhas e rabos de cães, entre outras determinações.

O caso ainda é polêmico e gera controvérsias entre criadores e donos de cães aqui no país. Na Europa já é proibida essa cirurgia a muitos anos.

A raça Schnauzer é uma das que tinha como padrão estético a cauda cortada. A orelha nem tanto, mas o rabinho… é muito difícil ver um cão dessa raça com a cauda integral (eu nunca vi pessoalmente).

A Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC) já alterou o documento padrão que orienta a criação da raça e acredito que dentro de alguns anos já veremos nossos queridos pequeninos circulando com caudas inteiras por aí.

Eu, particularmente, acho mais bonito, prático e higiênico a cauda pequena, cortada no início dos dias de vida.

A orelha também, apesar da fofura das orelhas caídas do Jorge, se fosse cortada o problema com a otite poderia diminuir sensivelmente.

Aqui a matéria e vídeo sobre a questão, no G1.

ps: na foto deste post não é o Jorge – pelo menos não ainda hehehe. Eu achei em algum lugar, mas não me lembro de onde a copiei, sorry 😉

24 abril, 2008 at 1:00 pm 10 comentários

oração!

Como hoje, 23 de abril é o dia de São Jorge e ele é nosso padroeiro, dedico essa oração a todos os cães, animais, amigos, conhecidos e aos demais que necessitam de conforto e ajuda nos momentos difíceis:

Oração a São Jorge

Ó Deus onipotente,
Que nos protegeis
Pelos méritos e as bênçãos
De São Jorge.
Fazei que este grande mártir,
Com sua couraça,
Sua espada,
E seu escudo,
Que representam a fé,
A esperança,
E a inteligência,
Ilumine os nossos caminhos…
Fortaleça o nosso ânimo…
Nas lutas da vida.
Dê firmeza
À nossa vontade,
Contra as tramas do maligno,
Para que,
Vencendo na terra,
Como São Jorge venceu,
Possamos triunfar no céu
Convosco,
E participar
Das eternas alegrias.
Amém!

Neste site aqui há várias orações ao santo guerreiro!

Proteção para todos!

Um forte abração a todos e o Jorge manda lambidas!

update: Mesmo sem saber, acho que acabei sentindo que ontem tinha um irmãozinho felino, o Gatão, precisando de um conforto num momento de transição. Dedicamos este post a ele e que São Jorge e São Francisco cuidem tão bem dele quanto foi cuidado aqui na Terra pela nossa amiga Vera.

Beijo Gatão, descanse em paz querido.

23 abril, 2008 at 5:25 pm 3 comentários

melhoras!

Jorge já está BEEEM melhor.

Não tive tempo/$ pra levar em outro Vet ainda.
Ele está tomando banho com um shampoo chamado Clorexiderm, tomando ITL 50 via oral (receitados pelo Vet dele) e estou usando Neodexa F Creme (indicado pela super querida Loise, valew o/).

Olha, as melhoras foram sensíveis. Nos outros pontinhos que tinham as pequenas alergias… já melhoraram 100%. Ainda há uma em específico que está mais resistente, mas estou acompanhando a medicação com muito cuidado.

Ele nem se abalou com a rotina de tomar remédio+pomada. Para dar o comprimido eu faço ele ficar de pé, fazer um truque e ele engole o remédio como se fosse um petisco. Na hora de passar o creme ele fica deitado e se comporta… e o melhor, não lambe a pomada!

Vou manter a medicação até o final, passar o creme até dois dias de desaparecer o problema e usar o shampoo até acabar. Depois disso, cuidado quadriplicado nos dias que ele voltar do banho para ver mesmo se o problema é na Pet ou com ele.

O mistério não foi plenamente resolvido, mas foi remediado. Cheguei a pensar na hipótese de fazer biópisia, mas desisti pois as feridinhas são tão minúsculas e já estão sarando, nem caiu o pêlo nem nada.

Agora… vocês acreditam que ele voltou com otite essa semana de novo?
Sacanagem neh! Até parece que não cuido dele! Aff!

ps: muito obrigado a todos que mandaram comentários, e-mails e sugestões!
Todos foram muito úteis!

23 abril, 2008 at 4:23 pm 27 comentários

alergia!

(Esse é o post que mais bomba aqui no blog. Gente, estou sem tempo de responder os comentários de todos, DESCULPEM e cliquem aqui. O Jorge de vez em quando tem essas alergias, mas notei que estão relacionadas à tosa. Sejam mais cuidadosos e exijam higienização dos equipamentos e atenção na hora da tosa).

Jorge foi diagnosticado sábado com um tipo de alergia na pele.

O veterinário dele cogita ser um fungo. No exame (não acompanhei infelizmente) foi detectado que ele possui esse fungo desde que nasceu e que agora começou a aparecer as evidências.

Desde que voltamos do sítio notei algumas pequenas feridinhas, mas bem pequenas mesmo e bem poucas, umas 4 pelo corpo todo. Era como se fossem espinhas, mas não tinham pús nem cheiro nem nada e estavam escondidas sob o pêlo. Só dava para sentir mesmo se passasse a mão com muita atenção.

Cheguei a achar que eram espinhas (mas cachorro tem espinha? Acho que não), depois achei que fossem picadas de pernilongo (no sítio tinham vários e saí com os pés um pouco picados).
Por fim achei que fosse ele se coçando e fazendo feridinhas.

O quadro não evoluiu, não houve novas feridinhas, mas as que mexi demais (ou ele coçou muito) acabaram criando uma casquinha.
O pêlo não caiu e nem dá pra ver, só passando a mão mesmo.

O vet dele disse que não era nenhuma das hipóteses que apontei e foi categórico em afirmar que é um fungo que meu pequeno tem desde que nasceu. O tratamento começou sábado mesmo, com um shampoo especial e ele receitou um comprimido para ser dado 1 vez por dia.
Preço do comprimido por 10 dias + shampoo = R$ 60,00.

Achei um valor alto, ainda mais que nem tive tempo de pesquisar melhor ou procurar outros lugares mais baratos. E o vet me tacou o terror. Imagina… então comprei tudo na pet mesmo e ele já tomou banho sábado com o produto. Agora o mesmo me disse que o tratamento pode durar até 6 meses, desse jeito vou falir só em medicação – e o organismo do J. vai ficar um bagaço.

Essa semana vou pesquisar mais sobre o que pode ser e pretendo fazer uma outra avaliação em outro veterinário. Sábado já marquei o exame novamente e vou acompanhar. Ainda não estou acreditando nisso.

Para mim, o que aconteceu foi que rasparam muito rente o pêlo dele e acabou ficando algumas feridas da máquina mesmo. Porque essas casquinhas só surgiram onde têm pêlo raspado e não onde o pêlo dele é grande. Se não sarar ou aparecer mais, é capaz que pare de dar banho na pet e tose em outros lugares.

Susto. Mas Jorge nem se alterou com nada. O pequeno problema não afetou seu comportamento e consigo dar o remédio na boa e ele gostou do banho igual.
Mas ainda há um mistério à ser resolvido.

UPDATE: JORGE MELHOROU TOTALMENTE. LEIA ESSE POST AQUI: MELHORAS!

HOJE NEM TEM MAIS OS PROBLEMAS. MAS CONTINUO OBSERVANDO.

14 abril, 2008 at 7:06 am 69 comentários

cartas!

Eu e o Jorge é um blog feito a 4 patas e 2 mãos.

Nem sempre tenho muitos assuntos ou o que comentar, mas adoro manter contato com quem nos deixa um comentário ou manda e-mail.

Tenho recebido contatos muito queridos de outros proprietários de schnauzer e amigos e espero uma hora dessas fazer um painel com as fotos dos companheiros caninos e felinos do Jorge.

Desta troca de experiências, vão surgindo mais assuntos e já estou preparando novos posts para o decorrer de abril. Sei que estive um pouco afastado nas últimas semanas, mas o blog volta com força total a partir de segunda. Quem sabe com um post a cada dois dias pelo menos.

O WordPress também passou por mudanças (e confesso que ficou mais difícil de mexer na ferramenta) por isso estou em fase de adaptação.

Continuem o contato, mandando e-mail para jorgenantan@gmail.com ou deixando comentários.

Obrigado amigos(as)! Abraços meus e lambidas do Jorge!

11 abril, 2008 at 10:54 pm 1 comentário

Posts antigos


Categorias

Comentários

Elizabeth em alergia!
Cintia Malateaux em alergia!
sonia politz em ANIVERSÁRIO de 3 ANOS!
Natália em melhoras!
Elizabeth em alergia!

Feeds

Visitantes

  • 100,589 pessoas já passaram por aqui