Posts tagged ‘dormindo’

compromissos!

Jorge evoluiu muito. Junto com isso, dezenas de outras mudanças ocorreram.

A minha rotina principalmente. Essa foi a maior alteração sentida.

Antes eu era um cara de 26 anos, com poucos compromissos e quase nenhuma responsabilidade. Hoje sou “pai” e tenho obrigações, deveres, tarefas, algumas incomodações e muitas, mas muitas… alegrias.

Tudo começa assim que acordo, que preciso alimentá-lo e descer para o passeio matinal. Depois pensar onde vou deixá-lo durante o dia. As vezes o deixo em casa, com uma amiga que fica algumas vezes com ele, outras, tenho que levá-lo até a casa da “vó”. É um trabalhão, mas não consigo deixá-lo sozinho em casa.

Esse é um problema. Se ele fica, chora MUITO e depois o prédio inteiro reclama. Para ficar na “vó”, preciso da disposição dela e de não ter visitas lá. Então encontrei uma solução alternativa: uma creche.

Uma Pet Shop no meio do caminho entre minha casa e o trabalho. Ainda não o deixei lá, mas já fiz a “matrícula” e espero testar essa semana. É um gasto a mais, porém, acredito que a economia de gasolina e de tempo compensem. Além do fato de ele ter mais contato com outros cães e poder socializar melhor.

Assim que o pego (ou chego em casa), a repito a rotina matutina, de dar comida e o passeio. Daí vem as brincadeiras, a educação (estou introduzindo novos truques de adestramento) e principalmente… o descanso.

É hora de levá-lo pra caminha, de dar carinho, de ficar deitado junto, de mexer e encher o saco dele =)

Daí durmo e tudo se repete as 7h da manhã.

Fins de semana? Precisam ser planejados e elaborados. E incluem a limpeza da casa, o banho dele, o mercado, os amigos, a pouca vida social que me resta. Ou… apenas dormir, porque a semana tem sido exaustiva.

E assim seguimos… Felizes? Sem dúvida alguma.

– Papai, tô cansado! Só mais 5 minutos, pu favô!

Anúncios

10 junho, 2008 at 9:07 pm 3 comentários

viagem!

Jorge sentiu minha falta durante essa semana.

Estive fora da cidade por um período e ele ficou sob os cuidados de amigas. Mas estranhamente quando voltei ele não me deu muita atenção. Claro, ao me ver chegando achei que ele ia enfartar (bate na madeira aí 3x)… Mas depois, em casa, parecia bem calmo e na dele.

Senti muitas saudades durante os dias longe de casa e longe dele. As vezes ligava e colocavam o telefone no ouvido dele (e ele lambia o fone). Engraçado como a gente sente tanta falta!

Além do mais, ele ainda não absorveu, eu acho, o fato da minha ausência. Nestas duas semanas, as coisas aqui em casa andam mudando muito e há uma nova rotina. Acredito que aos poucos ele entenderá melhor porque eu saio de manhã e volto a noite.

Passo o dia com o coração apertado imaginando o que ele está fazendo (que deve ser provavelmente dormindo). Porém ele sempre me recebe pulando e dando mordidinhas, chamando atenção.

Obrigado aos leitores e comentaristas que não me abandonam. A ausência neste meio de mês foi grande (desculpe), mas alguém tem quem botar a ração na mesa, digo, no potinho.

– Papai, olha eu de punk!

23 maio, 2008 at 1:40 am 2 comentários

frio!

Jorge conheceu o frio esse ano.

Ele nasceu praticamente na primavera (setembro do ano passado), então o inverno – com temperaturas baixas e vento sul gelado – só foi sentir esse ano.

No começo, há cerca de um mês atrás mais ou menos, eu já notava mudanças no seu comportamento. Faz tempo que ele não deita no piso frio do chão, prefere lugares altos ou acolchoados. Uma outra mudança também foi o seu horário de comer, uma mudança sutil, passou das 7:00h para 7:30h ou um pouco mais tarde.

Agora tenho feito ele aproveitar mais o sol matutino e, de vez em quando, estendo os passeio quando o vento não está gelado ou o dia está bonito lá fora.

Claro que esse horário é controlado por mim, mas ele já não acorda tão eufórico para comer e sair como antes. É como se seu organismo estive mais lento, aos poucos reservando energia (porque notei que sua soneca durante o dia está mais intensa, sem despertares freqüentes).

No primeiro dia de frio mesmo que fez aqui, há cerca de 15 dias, Jorge passou mal e vomitou a ração logo de manhã. Não atribuo o mal estar a nenhum outro fator, apenas ao frio mesmo.

Durante os passeios suas orelhinhas ficam geladinhas e o focinho também. Vou providenciar algumas roupinhas para ele, nem que seja para usar somente no passeio da noite ou em dias que a temperatura está muito baixa.

Porém o que ele tem preferido é voltar para casa e ficar aninhadinho no puff dele.

– Papai, tô frio!

12 maio, 2008 at 9:35 am 11 comentários

dorminhoco!

Jorge dorme. Há dias que dorme muito.

Mas é incrivelmente lindo o jeito que ele se encolhe para dormir ou se estica para achar a posição mais confortável.

Já falei disso em outros posts, como num dia de chuva, outro que bati umas das primeiras fotos dele dormindo com as patas para cima e outro em que ele simplesmente capotou no sofá.

Também é um semi-sono, porque é só ouvir um barulho que logo fica alerta.

Cães são mamíferos que dormem muito mesmo. Eles brincam e depois já caem no sono. Comem… e descansam…

Não que o Jorge seja preguiçoso, pelo contrário, quando liga a pilha dele, corre de um lado para outro, brinca até botar a língua para fora e tem horas que quem cansa é a gente. Mas ele é um cãozinho dorminhoco, isso tenho certeza.

Há raças mais ativas e até nervosinhas eu diria, mas o schnauzer alterna momentos de grande euforia com de completo descanso. Li neste site aqui, que cães dormem cerca de 10 horas por dia. Talvez por ser filhote e não ter a companhia de outro cão (ainda – em breve espero trazer novidades), o meu pequeno acabe dormindo mais.

Ele também se mexe muito durante a soneca. Acorda várias vezes até encontrar uma posição beeeem confortável. De vez em quando sonha, late baixinho, geme, balança as patinhas e até chegou a fazer xixi na cama dormindo!

Mesmo ele tendo a caminha dele, nem dá muita bola e acaba elegendo outros lugares como preferidos: sobre os puffes da sala, nos sofás, no chão em dias quentes e numa cama de casal, que por motivos que só ele sabe… acha que é toda dele 🙂


– Boa noite papai!

5 maio, 2008 at 9:00 pm 4 comentários

chuva!

25012008996.jpgQuando chove é punk! Nessa quarta-feira resolveu chover tudo que não choveu em janeiro todo. Jorge passou acho que 90% do tempo dormindo. Os outros 9% atrás de mim e 1% tomando água e fazendo xixi.

Sim, duas coisas que ele faz MUITO: toma água e faz xixi.
Mas o que ele mais faz mesmo é dormir. Talvez (bem provável) pelo fato de ele ser filhote ele dorme bastante. Li em algum lugar que filhotes dormem a maior parte do tempo… e é uma grande verdade.

Assim que acorda, pula, fica agitado, brinca, corre, me lambe… mas pelo menos meia hora depois já deita no chão pra uma sonequinha. Ontem que choveu então… ele nem quis saber de brincar muito. Ficou bem na dele, quietinho. Deitava do meu lado (bom, eu também passei o dia dormindo porque estava impossível de abrir as janelas ou botar a cara na rua), levantava, deitava no chão, ia deitar com seus ursinhos e deitava de novo comigo.24012008986.jpg

Foi assim o dia todo. As 19h saímos pra dar a “voltinha das necessidades” e só pude ir na garagem do prédio. Ele não gosta muito, mas estava garoando ainda. Voltamos e ele chegou a dormir enquanto secava ele no secador de cabelos.

Se a gente já fica entediado com chuva… imagina um cãozinho!

31 janeiro, 2008 at 9:25 am 2 comentários


Categorias

mais acessados

  • Nenhum

Comentários

Elizabeth em alergia!
Cintia Malateaux em alergia!
sonia politz em ANIVERSÁRIO de 3 ANOS!
Natália em melhoras!
Elizabeth em alergia!

Feeds

Visitantes

  • 102,120 pessoas já passaram por aqui