Posts tagged ‘escovação’

inverno!

Jorge está deixando o pêlo crescer.

Quer dizer, eu estou deixando o pêlo dele crescer. Já havia comentado sobre o frio e as mudanças que têm ocorrido. Ainda não comprei nenhuma roupinha pra ele, mas decidi que neste inverno não vou fazer tosa nenhuma.

Bom, a tosa higiênica sim.
Mas a tosa da raça não.

Tem feito uns dias de um frio bem intenso de manhã, esquenta um pouco durante o dia e a noite volta o frio cortante, com rajadas de vento (sul).

O pêlo dele já está compridinho (as fotos deste post são do mês passado), mas nem dá para perceber muito.

Como da última vez havia raspado bem rente (e deu aquele problema de pele que contei), vamos ver como ele vai estar lá pelo dia 1º de setembro… quando faz um ano de vida (eeeeeeee).

Mas continuo com a escovação dia sim / dia não e passando silicone nos pêlos. De vez em quando surgem uns nós (que são um saco de tirar), mas nada muito dramático.

Acho que ele está gostando e de vez em quando é bom dar uma trégua na tosa, afinal, para mim ele está sempre lindo.

– Papai! Tá me olhando?

14 junho, 2008 at 11:20 pm 10 comentários

+dentes!

Amigos, desculpem a demora nos posts, não vou me justificar, porém, sei que tenho atualizado menos (e vou tratar logo de reverter isso).

Jorge me deu mais dois dentes ontem. Fiquei brincando com ele e percebi que havia um canino e um molar bem soltos. Ele tem andado meio estranho ultimamente. Mais quieto e na dele do que de costume… então atribuí isso ao problema dental e a um princípio de otite (que comentarei amanhã).

130220081294.gif

Vendo a agonia dele com os dentinhos que roçavam um no outro e sangravam muito, resolvi dar uma prensadinha nele no sofá, meter a mão lá dentro e puxar. Bom, não foi exatamente assim, mas quase. Peguei uns brinquedos e fui distraindo-o e quando ele menos esperava… TUM, peguei e dei um puxão… daí caiu um, o molar.

O canino foi mais chato, porque estava mais firme, mas foi no mesmo sistema. Brincadeira e puxadas. Até que soltou!

Nossa, quando soltou ele ficou tão feliz e aliviado! Ficou abanando o rabinho, me lambendo e deu umas corridas pelo apto. Depois disso, dei um biscoito pela colaboração, bastante água e finalmente, escovei os dentes dele.

Havia falado sobre a pasta enzimática no post anterior e ao que tudo indica é realmente boa. Deu uma melhorada no hálito e consegui tirar um pouco da sugeirinha dos dentes. Percebi que muito da halitose que ele está se deve aos dentes que caem e aos sangramentos.

120220081290.gifEscovar os dentes não foi muito fácil não. Tive que ter firmeza e mostrar que quem manda no canil sou eu. Por ele, não deixava escovar de jeito nenhum (pode ser a dor das gengivas sangrando) e ao final ocorreu tudo bem. De acordo com as informações que colhi, só preciso escovar com essa pasta uma vez por semana, então vou ficar de olho.

O pior mesmo foi o preço da pastinha. Mesmo pesquisando não consegui muita diferença de valores e acabou saíndo por cerca de R$ 25,00 um tubo de 70 gramas. Vamos ver quanto vai durar. 

14 fevereiro, 2008 at 6:38 pm Deixe um comentário

dentes!

050220081221.jpgJorge é um cão precoce. Acho que assim como eu, tudo ele faz tudo muito cedo na sua vida.

Estava um pouco preocupado com as trocas de dentiçãoimagina, eu, pai de primeira viagem… tudo achava que poderia machucar ou que um dia ele iria me morder e os dentinhos iam ficar todos na minha mão. Bom, quase aconteceu isso.

Jorge começou a trocar os dentes mês passado. Não cheguei a ver nenhum. Acho que ele comeu todos, ou caíram quando ele brincava. Mas hoje aconteceu algo que (sou um pai bobo e vislumbrado) achei incrível.

Tudo começou ontem, quando após uma inspeção nos brinquedos dele, percebi umas manchinhas vermelhas nos ossinhos dele. Eu já havia visto que os dentes da frente ele havia trocado no decorrer do mês passado, mas comecei a me preocupar com alguns dentes duplos na boca dele. O hálito dele tem mudado também. Tem dias que está insuportável, com aquele bafo de cão característico, mas na maior parte do tempo não tem odor forte.

Então ontem depois da brincadeira e de ver os ossinhos, percebi que a boca dele estava sangrando. Claro que fiquei preocupado, dei uns pedaços de maçã e cenoura (ele AMA) e água.

Eis que hoje de manhã (agora pouco) ele deixou um “presente” para mim em cima da cama: um dos caninos de leite!

Achei muuuuito querido o dentinho. Ele estava mexendo na boca e puff, caiu o bendito.

090220081258.jpg

A saúde oral dos cães é muito importe. Deve-se escovar os dentes deles com pastas e escovas especiais, além de visitas regulares ao veterinário para avaliar o nível de tártaro e placa bacteriana. A escovinha (tipo dedeira) já comprei e ainda hoje vou comprar a pasta. Existem no mercado diversos produtos destinados à limpeza da boca canina, mas é bom olhar com cuidado. Conversando com algumas pessoas, fiquei sabendo das pastas enzimáticas, que auxiliam muito no controle e limpeza dos dentes.

O mais importante é escovar os dentes do cãozinho e acostumá-lo desde pequeno a esse ritual. Outra dica MUITO importante é NUNCA usar a mesma pasta de dente que humanos usam. Nas pastas comuns, de gente, existem muitas substâncias químicas que os animais não conseguem metabolizar. Como o cão acaba comendo a pasta (ele não vai enxaguar a boca e cuspir neh!), se usássemos a mesma pasta, eles poderiam desenvolver graves doenças estomacais e até danificar os dentes.

escovadedeira.jpgNos Pet Shops é possível encontrar vários tipos de pastas e escovas. Li muito que as do tipo dedeira (que encaixamos no dedo) são mais práticas e as pastas enzimáticas podem ser utilizadas uma vez por semana sem problema. As comuns, pelo menos 2 ou 3 vezes por semana.

Importante: faça pesquisa de preços entre os Pet Shops! As enzimáticas chegam a custar entre R$ 20,00 à R$ 30,00 mais ou menos… enquanto que as comuns de R$ 5,00 à R$ 10,00. O ideal é pesquisar muito e sempre, a variação de preço é absurda. Ficadica!

Pode até ser lenda, propaganda, etc, mas quando VOCÊ escova SEUS dentes, não há diferenças entre uma pasta que custa R$ 1,50 e uma que custa R$ 10,00? Pense nisso.

Consulte sempre um bom veterinário. Ele pode exclarecer dúvidas e indicar quando é necessário fazer intervenções na boca do animal, seja para extração de dentes ou para limpeza profissional do tártaro (indicada pelo menos 2 vezes por ano).

Depois que começar a escovar os dentinhos do Jorge, eu conto como foi a experiência.

9 fevereiro, 2008 at 3:11 pm 6 comentários

pêlos!

Jorge é um Schnauzer sal-e-pimenta. Fato.040220081180.jpg

Porém ele apresenta tons de preto e prata e cinza, o que pode indicar que após se tornar adulto (quando atinge cerca de um ano e meio, mais ou menos) os pêlos ainda terão mudanças de nuances. Logo, não sabemos exatamente a cor final dele.

Hoje, após a tosa e com 5 meses, ele está cinza escuro com mechas brancas. Pode-se ver alguns pêlos castanhos, mas com raiz branca ou cinza.

Sobre cuidados com o pêlo, eu escovo-o dia sim dia não, com dois pentes de metal sem pontas (de tamanhos diferentes) e uma rasqueadeira macia. Também uso algumas gotas de silicone próprio para pêlos caninos (comprado em Pet Shop) duas vezes por semana. Faço da escovação um momento de diversão, brincando com ele e seus brinquedos e sempre recompensando-o ao final com um biscoitinho canino. Além disso ele toma banho semanalmente (devido aos passeios diários e por ser um cãozinho muito sapeca, ele se suja muito).

Voltando à pelagem, segundo os padrões CBKC da raça:

Pêlo: deve ser de pêlo duro de arame e denso. Consiste em uma pelagem de cobertura não muito curta, deitado rente ao corpo e de subpêlo denso. A pelagem de cobertura é dura e suficientemente longa para comprovar sua textura; não deve ser eriçada nem ondulada. Nos membros, o pêlo não é tão duro. Na testa e nas orelhas, ele é curto. Como característica típica, o Schnauzer Miniatura tem uma barba áspera e sobrancelhas cerradas que cobrem ligeiramente os olhos.

COR: preto sólido com subpêlo preto, sal e pimenta, preto e prata e branco puro com subpêlo branco.

O objetivo da criação, na cor sal e pimenta, é uma nuança média igualmente distribuída e bem pigmentada com o subpêlo cinza. São admitidas variações do cinza escuro ao cinza-prata. Todas essas cores devem incluir uma máscara escura, que enfatize o aspecto típico do Schnauzer Miniatura, combinando harmoniosamente com as diversas tonalidades da pelagem. Manchas brancas, na cabeça, no peito e nos membros são indesejáveis.

Preto e Prata: O objetivo da criação do preto e prata é uma pelagem externa preta com subpêlo preto, manchas brancas sobre os olhos, nas bochechas, na barba e na garganta, no antepeito dois triângulos divididos, nos metacarpos, nos pés, na parte interior dos posteriores e debaixo da cauda. A testa, o pescoço, a parte externa das orelhas devem, como a pelagem externa, ser pretas.

Segundo meus padrões da raça:

Jorge ainda é um mistério!

8 fevereiro, 2008 at 2:33 pm 2 comentários


Categorias

mais acessados

  • Nenhum

Comentários

Elizabeth em alergia!
Cintia Malateaux em alergia!
sonia politz em ANIVERSÁRIO de 3 ANOS!
Natália em melhoras!
Elizabeth em alergia!

Feeds

Visitantes

  • 101,113 pessoas já passaram por aqui